Rosana Jatobá: a morena engajada

Oii,

Hoje eu vim aqui para falar sobre sustentabilidade  de uma maneira bem gostosa e descontraída, para isso eu convidei a jornalista (e amigaRosana Jatobá, a morena engajada no tema.  Além de cuidar da casa, do marido e dos dois filhos, ela encontra tempo, para palestrar sobre o tema em vários eventos, dar consultoria e trabalhar na Rádio Globo, com um programa exclusivo sobre o assunto. A ideia aqui não é exigir que você pare de gastar ou deixe de comprar algo para você e sua família – com as informações da Rosana você vai entender de que forma fica mais saudável e fácil colaborar para preservar e manter  a renovação natural do Planeta. São práticas informais que se tornam agradáveis no dia a dia, conforme a entrevista abaixo. Vamos ler?

 

Rosana Jatobá

 

DE: Quais as ações em termos de sustentabilidade que você mais pratica atualmente?

 Rosana: Coleta seletiva do lixo e destinação correta, levando os resíduos ao posto de coleta do Pão de Açucar; economia de água e de energia; aparelhos eletrônicos com selo de eficiência energética e desligados( fora da tomada) quando não utilizados; uso de bicicleta para pequenos percursos; uso de ecobags; horta doméstica e ioga.

 

DE: Onde você busca inspiração para os seus projetos? Quais são as suas referências?

 Rosana: Minha maior referência é a literatura. Procuro me inspirar em grandes escritores sobre o tema, como Tim Flannery, James Lovelock, Nicolas Stern, Jose Goldembreg, Washington Novaes, Leonardo Boff, Echart Tolle, etc…Gosto também de ressaltar atitudes sustentáveis de pessoas famosas, pois é um chamariz eficiente de convencimento. Os exemplos mais factuais eu pesquiso em sites como EcoD , Planeta Sustentável, Treehugger e os cadernos de Sustentabilidade do Valor Econômico e do Estadao. Fico de olho também em documentários e podcasts.

DE: O consumo, de maneira geral, é um vilão da economia de sustentabilidade?

 Rosana: O consumo é benéfico. Traz conforto e é a mola propulsora da economia. O erro é o consumismo, a prática exagerada do consumo, que resulta em exploracão demasiada dos recursos naturais e no descarte inadequado. Temos que migrar de uma sociedade descartável para uma sociedade de bens duráveis. E temos que aprender a nos contentar com uma vida mais frugal, ligada a natureza, a qualidade dos relacionamentos e a espiritualidade, evitando buscar recompensas psicológicas por meio do materialismo. A economia da consciência vai predominar neste século e as inovações da tecnologia vão nos permitir um uso mais racional da energia e da matéria-prima.

 

DE: Quais as maiores dúvidas das pessoas com relação às questões ambientais?

Rosana: A dúvida conceitual: O mito de que o planeta vai se acabar em água ou em fogo! Mas a verdade é que a Terra, por mais explorada e aviltada, sobrevivera, como ocorreu em outras eras. O que temos que atentar é para a sobrevivência da espécie humana e de muitas outras que, como sabemos, estão interligadas neste equilíbrio ambiental.  A dúvida prática: como posso ser sustentável sem abrir mão do conforto material?

 

DE: Já podemos dizer que o Brasil tem um forte apego a sustentabilidade?

Rosana: Podemos dizer que o Brasil tem uma forte vocação e um potencial magnífico para ser sustentável. Temos a matriz energética quase toda limpa, uma das maiores e mais ricas florestas do mundo em biodiversidade, água em abundância, embora com problemas de escassez e distribuição; e um povo que gosta de natureza e são receptivos as mudanças necessárias. Quando a educação for prioridade, daremos as ferramentas para nosso povo fazer as escolhas corretas e lutar por uma sociedade mais justa e ambientalmente correta.

 

DE: Quem você gostaria de ver falando sobre este assunto com você?

Rosana: A minha maior conquista profissional é poder dividir o palco com a nossa Ministra do Meio Ambiente Isabella Teixeira em diversos eventos relacionados ao tema. “Os últimos foram o lançamento da “Rede de mulheres lideres pela Sustentabilidade” e a premiação do” Champion of the earth, da ONU. Sou parceira do Ministério. Um dos projetos é engajar pessoas famosas como atores e jornalistas, a fim de formar opinião voltada para a preservação ambiental e a responsabilidade social.  Agora, se juntar o Brad Pitt, o Leonardo de Caprio e o Al Gore…. Não reclamo, não! Rsrsrsrs

 

DE: Como fortalecer um consumidor a ter uma percepção forte sobre o consumo alternativo?

Rosana: Acho que dar bronca, censurando atitudes, não da certo. Ao contrario. Você passa a ser encarado como eco chato. Tem que tentar engajar pela emoção, mostrando que o futuro dos nossos filhos está comprometido. E evitar um discurso catastrófico. Mostrar o lado bom de mudar.

 

DE: Quando você anda nas ruas da cidade o que mais te chama atenção e você gostaria de mudar?

Rosana: O que me comove e constrange é a desigualdade social, embora o Brasil seja pela primeira vez na historia, um país de classe media. Mas o fato é que há muita disparidade e uma sociedade desigual gera muitos conflitos. Como convencer um cidadão a fazer separar o lixo, se na porta dele passa um esgoto e a família não tem acesso a água potável?

Viram como é prático, vamos tentar?

Rosana, querida!

De fato você está de parabéns, pois esta não é uma missão muito fácil, conscientizar sem ser chata, anunciar sem ser exagerada. Conte com esta amiga jornalista que aqui escreve. Tenho certeza que depois desta entrevista nós vamos conhecer outras adeptas. Aqui neste espaço mesmo você pode comentar e deixar a sua opinião sobre o assunto ou nos dizer de que forma você colabora com o meio ambiente.

 

Beijos

 

 

Infos:

Rosana Jatobá é jornalista, graduada em Direito e Jornalismo pela UniversidadeFederal da Bahia, e mestranda em gestão e tecnologias ambientais da Universidade de São Paulo.

 

Post Popularity 46.5%  
Popularity Breakdown
Views 26.33%  
Comments 66.67%  

4 Comentários enviados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Perfil


São Paulo - Brasil
Jornalista e curiosa por moda, beleza, música, comportamento, etiqueta social

e atenta às novidades

Visualizar perfil completo


Newsletter

outubro 2017
S T Q Q S S D
« jun    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  
Projetos especiais

Anuncie, divulgue ou solicite informações gerais sobre o blog através do e-mail:
contato@doraestevam.com.br


Últimos tweets